quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Tribunal Superior do Trabalho - TST

Tribunal Superior do Trabalho
TST: concurso já definiu organizadora 17/10/2007

A realização do concurso para o Tribunal Superior do Trabalho (TST) ficou um pouco mais próxima. Com a escola do Cespe/UnB como organizador, a expectativa dos candidatos agora é de que a elaboração do edital possa ser acelerada.

A seleção deve oferecer, pelo menos, 319 oportunidades, sendo 62 para técnico, de nível médio, e 257 para analista judiciário, de nível superior. Esse total, no entanto, ainda dependerá de confirmação.

Em junho, o presidente Lula sancionou a lei nº 11.493 que criou 493 vagas no TST. Entretanto, parte dessas oportunidades foram preenchidas pelos 174 aprovados no último concurso realizado pelo órgão que aguardavam no cadastro de reserva. Dessa maneira, do total inicial de vagas aprovadas na lei, restariam um mínimo de 319 para realização do concurso.

Os salários atuais dos técnicos são de R$3.675,70 e dos analistas de R$5.694,65, já incluído auxílio-alimentação de R$590, mas esse valores mudarão a partir de dezembro. Os técnicos passarão a ter remuneração de R$3.913,52 (salário de R$3.323,52 mais auxílio-alimentação de R$590) e os analistas passarão a ganhar R$6.074,08 (salário de R$5.484,08 e auxílio-alimentação).

A gratificação de atividade judiciária já está incluída nos valores dos salários. Os aprovados também terão direito a auxílio-transporte, auxílio-creche e assistência médica.

Os professores da área de concursos recomendam que os candidatos comecem os estudos com antecedência. Por isso, segundo eles, os interessados devem tomar por base o programa do último concurso para o TST, realizado em 2003, organizado pelo Cespe/UnB. Os professores acreditam que o programa não deverá sofrer grandes alterações.

A seleção ofereceu 49 vagas imediatas (38 para técnico e 11 para analista) e contou com 512 candidatos aprovados. Os inscritos relizaram provas objetivas e práticas. A primeira fase era composta por 150 questões, sendo 100 de Conhecimentos Específicos de cada cargo e 50 de Conhecimentos Básicos. Os candidatos aos cargos de nível superior também fizeram exame discursivo no mesmo dia. As provas práticas de digitação, segunda etapa, foram aplicadas a todos os candidatos.


Fonte: FD


0 comentários:

Postar um comentário

• DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
• OBRIGADO PELA VISITA